Escolher uma salamandra pode ser uma decisão complicada, já que é um investimento significativo que, inevitavelmente, tem um impacto estético na sua casa, mas que serve essencialmente para o aquecimento e conforto da sua casa. Em relação ao design, tanto as salamandras a lenha como as salamandras a pellets são cada vez mais refinadas e atraentes. Deixaram para trás aquela imagem de artigo básico, funcional e pesado para serem cada vez mais um elemento decorativo e de destaque. Para o ajudar a tomar a melhor decisão, apresentamos as vantagens e desvantagens de cada uma, assim como, as principais diferenças.



Salamandra a pellets


Pellets? Afinal o que são? Os pellets são um combustível sólido produzido a partir dos desperdícios da indústria da transformação madeira e da limpeza das florestas. São um produto 100% natural, um combustível limpo e eficiente que permite uma combustão sem fumo que liberta menos dióxido de carbono que qualquer outro combustível.


salamandra a pellets Agora que já sabemos o que são pellets, vejamos as vantagens e desvantagens das salamandras a pellets. As salamandras alimentadas por este tipo de combustível garantem rendimentos superiores a 80%. Os equipamentos mais recentes apresentam depósitos de grande capacidade e sistemas de autorregulação, assim como fornecimento automático. Os pellets são compostos por sobras da madeira, não estando nunca associado ao abate de árvores, tratando-se assim de um produto extremamente ecológico e eco-frienly. Além disso, as pellets têm um baixo nível de humidade e não possuem qualquer resquício de resina, o que faz com que a combustão seja praticamente total, sendo 1% a 3% o total de cinzas e resíduos que resultam desta queima. A eficiência da salamandra a pellets é outra vantagem que deve conhecer. Os pellets são muito mais eficientes que a lenha, com um poder calorifico muito superior ao produzido pela lenha, aquecem muito mais e em menos tempo. Outra vantagem é a facilidade de limpeza. Apenas necessita de um aspirador de cinzas, e a sua salamandra estará sempre limpa. Não necessita de chaminé tradicional, pode ser instalada em qualquer lugar da casa e a única exigência é possuir uma saída para o exterior para libertação do dióxido de carbono que resulta da queima. Esta opção revela-se assim, muito segura já que os pellets não libertam farpas ou partículas, eliminado o risco de incêndios.

As desvantagens das salamandras a pellets passam pelo preço e pelo não funcionamento em caso de falha elétrica. Tem um preço mais elevado do que as salamandras a lenha, e os pellets têm um preço mais elevado quando comparados com a lenha. E mais, devido á sua componente eletrónica, as salamandras a pellets estão mais sujeitas a avarias.




Salamandra a lenha


salamandra a lenha A salamandra a lenha utiliza a lenha como fonte de alimentação e são bem mais tradicionais e comuns do que as salamandras a pellets. Não é de estranhar que esta opção tenha um estatuto privilegiado no que diz respeito a soluções de aquecimento, pois desperta em nós a sensação da tradição. As salamandras a lenha têm no desfrutar do fogo a sua maior vantagem, as sensações proporcionadas pelo prazer visual das suas chamas e pelo prazer auditivo do crepitar da lenha a arder são sentidos que as pellets não conseguem despertar. O preço é outro fator que joga a favor das salamandras a lenha, estas são mais económicas e a lenha, que possui um poder calorífico enorme, tem um custo inferior as pellets. Os sistemas mais modernos com ventilação otimizam a combustão da lenha e consequentemente o rendimento da mesma, permitindo um aquecimento mais rápido e um nível de rendimento que pode alcançar os 80%. Se tiver a sorte de habitar em zonas mais rurais, conseguir lenha é muito mais fácil uma vez que podem ser aproveitados ramos e troncos caídos e é provável que exista mais espaço para armazenar grandes quantidades de lenha. Por outro lado, caso viva na cidade para além dos custos de aquisição da lenha, o espaço de armazenamento poderá ser um problema. Outra ponderação que terá que fazer em relação ás salamandras a lenha é a sujidade que as mesmas causam. Devido ao pó presente na lenha e as lascas que delas caiem, bem como elevada quantidade de cinza que produzem necessitará de uma limpeza frequente.